segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Segunda, 30 de setembro de 2013

NOVIDADE


-----
PERFEITO


-----
EXCELENTE

 Frases de Para-choque de caminhão: uma tradição que esperamos não se acabe!


1-  Já cheirei coca.
      É igual a pepsi...

2 -  Ladrão que rouba ladrão
       vive em Brasília

3 - Adoro as rosas, mas prefiro
       as trepadeiras

4 -  As mulheres perdidas são
       as  mais procuradas
5 -  Como é difícil se livrar de
       uma mulher fácil.
6 -  Dinheiro não traz felicidade,
       mas ajuda a sofrer em Paris
7 -  Duas coisas que gosto:
       cerveja gelada e mulher quente.
8 -  Duas coisas que não gosto:
       cerveja quente e mulher gelada
9  - Enquanto não encontro a
        mulher certa...me divirto com
        as erradas.
10 - LULA é meu pastor...
        por isto estou pastando
11 - Mais vale chegar atrasado
        neste mundo, que adiantado
        no outro
12 - Melancia grande, e mulher
        muito boa, ninguém come
        sozinho
13 - Na vida tudo é passageiro,
        menos o motorista e o cobrador
14 - Não roube!
        O governo detesta concorrência
15 -O chifre é como consórcio.
        Quando você menos espera,
        é  contemplado
16 - Antes sonhava.
        Hoje, não durmo...
17-Passado de mulher é igual
       a cozinha de restaurante,
       melhor não conhecer,
       se não você não come.
18- Eu queria ser pobre um dia,
       porque ser pobre todo dia
       é duro
.
19-Qual o problema do Lula beber,
       afinal ele não sabe dirigir nada
       mesmo.

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Quarta, 25 de setembro de 2013

PROTESTO


-----
HISTORINHA

"A minha namorada e eu estávamos juntos há mais de um ano, por isso decidimos casar. Só havia uma coisa que me chateava: Era a irmã mais nova dela.
A minha futura cunhada tinha 18 aninhos, usava mini saias com um bumbum durinho e perfeito e grandes decotes com belos e fartos seios…
Tinha a mania de se abaixar bem perto de mim, me olhando com seu olhar de atrevida, e tive muitas vezes visões da sua roupa interior.
Um dia convidou-me para ir ver os convites do meu casamento que estavam prontos.
Disse-me que em breve eu estaria casado e confessou que ela tinha sentimentos e desejos por mim, que ela não conseguia esquecer e nem queria esquecer!
Disse-me que queria fazer amor comigo somente uma vez antes de eu me casar.
Eu fiquei em total choque e nem consegui dizer uma palavra! Ela disse:
-Vou lá para cima, para o meu quarto, se quiseres…
Fiquei atônito. Estava congelado, enquanto a observava subir as escadas. Quando ela chegou ao topo da escada, puxou a calcinha e atirou-a pela escada para mim.
Eu fiquei lá por um momento, então virei-me e fui direto à porta da frente.
Abri a porta e saí da casa, indo correndo para o meu carro.
O meu futuro sogro. minha noiva e minha futura sogra estavam lá fora. Com lágrimas nos olhos, meu futuro sogro abraçou-me e disse:
- Estamos muito contentes que tenhas conseguido passar no nosso pequeno teste… Não podíamos pedir um melhor homem para nossa filha. Bem-vindo a família!"
MORAL DA HISTÓRIA: É melhor guardar as camisinhas no carro do que na carteira.
-----
TRANSA
No meio da madrugada, a mulher se levantou para beber água e ficou chocada quando viu seu casal de bassés transando freneticamente na sala. Tentou interroper, mas os dois continuavam firmes. Apesar do horário, a mulher resolveu ligar para o veterinário no mesmo instante.
Depois de quatro toques, ele atendeu:
- Doutor, meus dois cahorrinhos estão transando feito loucos - disse a mulher, desesperada. - O que é que eu faço para eles pararem?
- É muito fácil - respondeu o veterinário. - Coloque o aparelho de telefone bem perto dos dois. Aí eu ligo para eles e pronto.
- E o senhor acha mesmo que isso vai dar certo?
- Pelo menos aqui em casa, agora, funcionou. 

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Terça, 24 de setembro de 2013

NOVO PROGRAMA


-----
SEXO AOS 100 ANOS
O avô morreu e o Camilo foi fazer uma visita de pêsames à sua avó de 95 anos. Ao chegar, encontra a velhinha chorando e tenta confortá-la. Um pouco depois, ao vê-la mais calma, pergunta:
- Vovó, como morreu o vovô?
- Morreu ao fazermos sexo.
Camilo, espantado, responde que as pessoas de 90 anos ou mais, não deveriam fazer amor porque é muito perigoso.
Ao que a avó responde:
- Mas nós só fazíamos aos domingos, já há cinco anos, e com muita calma, ao compasso das badaladas do sino da Igreja. Era ding para introduzir e dong para tirar.
E conclui:
Se não fosse o sorveteiro com aquele sininho, o seu avô ainda estaria vivo!
-----
O FAZENDEIRO E AS PORCAS
Um fazendeiro português comprou vários porcos e porcas porque queria começar uma criação de suínos na fazenda e assim produzir presuntos, bacons, etc...
Depois de várias semanas, notando que nenhuma das porcas emprenhara, ligou para o veterinário pedindo ajuda.
O veterinário disse ao português que ele teria que fazer INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL.
O português não tinha a menor idéia do que era aquilo, mas não querendo demonstrar ignorância, concordou e perguntou ao veterinário como saber quando as porcas estariam prenhas.
O veterinário disse que elas parariam de ficar andando e iriam chafurdar na lama o dia todo.
O português desligou, começou a pensar e chegou a conclusão que inseminação artificial significava que ele mesmo teria que emprenhar as porcas.
Então, colocou as porcas na Kombi, foi para o meio do mato, transou com cada uma delas, voltou para a fazenda e foi para a cama.
Na manhã seguinte, vendo que as porcas continuavam andando pra lá e pra cá, ele concluiu que teria que fazer tudo de novo.
Colocou de novo as porcas na Kombi, foi para o meio do mato, transou com cada uma duas vezes para garantir, voltou para a fazenda e foi para a cama.
Na manhã seguinte, ele foi ver as porcas e elas continuavam andando pra lá e para cá.
Bem, teria que fazer tudo de novo...
Colocou, mais uma vez, as porcas na Kombi, foi para o meio do mato, passou o dia transando com cada uma delas várias vezes, voltou para a fazenda e, esgotado, foi para a cama.
Na manhã seguinte ele nem conseguia abrir os olhos, muito menos levantar para olhar as porcas. Assim, ele pediu à mulher para dar uma olhada e ver se as porcas estavam na lama.
"Não", disse ela..." estão todas na Kombi e uma delas não para de buzinar..."

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Segunda, 23 de setembro de 2013

NAMORO


-----
MENSALEIROS


-----
INFELIZ

O casal sentado no sofá, o marido concentrado na leitura do jornal, a mulher inicia uma conversa:
- Se eu morresse amanhã, você se casava outra vez?
- Claro que não, meu amor!
- Não? Não, por quê? Não gosta de estar casado?
- Claro que gosto, minha querida...
- Então, por que é que não se casava de novo?
- Está bem, casava…
- Casava? (com a voz magoada)
- Casava. Só porque foi bom com você, meu bem…
- E dormiria com ela na nossa cama?
- Onde é que você queria que nós dormíssemos?
- E substituiria as minhas fotografias por fotografias dela, na casa toda?
- Não seria natural que fosse assim, meu anjo?
- E ela iria usar o meu carro?
- Não! Ela não dirige…
Silêncio total…
Marido: (em pensamento) Deu merda!

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Quinta, 19 de setembro de 2013

DO FACEBOOK

O CARA QUE BOLAR UM KAMA-SUTRA GAY VAI ENCHER O RABO DE DINHEIRO. LITERALMENTE.
-----

SENHA


-----
CORRUPTOS


terça-feira, 17 de setembro de 2013

Terça, 17 de setembro de 2013

VEM...


-----
HAHAHAHA!!!!


-----
PENSANDO BEM
Luciano chega de surpresa e surpreende a Mariza em sua cama com outro.
Tirou o revólver da cintura, tomando cuidado para não ser percebido pelos  dois, armou o gatilho e já ia se preparando para meter bala neles quando parou para pensar.
Foi se lembrando de como a sua vida de casado havia melhorado nos últimos tempos.   A esposa já não pedia dinheiro pra comprar carne, aliás, nem para comprar vestidos, jóias e sapatos, apesar de todos os dias aparecer com um vestido novo, uma joia nova ou uma sandalinha da moda.
Os meninos mudaram da escola pública do bairro para um cursinho superchique. Sem contar que a mulher trocou de carro, apesar de ele estar a quatro anos sem aumento e ter cortado a mesada dela.
O supermercado, então, nem se fala, eles nunca tiveram tanta fartura
Quanto nos últimos meses. E as contas de luz, água, telefone, Internet, celular e cartão de crédito, fazia tempo que ele nem ouvia falar delas.  
O caso é que a Mariza era mesmo um aviãozão, toda gostosa, mesmo com Dois filhos o tempo não passava pra ela.
Coisa de louco...
Luciano guardou a arma na cintura, com muito cuidado para não ser percebido, e foi  saindo devagar, para não atrapalhar os dois.
Parou na porta da sala, refletiu um pouco e disse pra si mesmo:'
- O cara paga o aluguel, o supermercado, a escola das crianças, as contas  da casa, o carro, o shopping, todas as despesas e eu ainda vou pra cama com ela todos os dias...
E, fechando a porta atrás de si, concluiu sorrindo:
- O CORNO É ELE!

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Quinta, 12 de setembro de 2013

VERÃO


-----
BÊBADOS


-----
PRO SANTO
Um cara chegou no bar e gritou:
- Me vê uma pinga aí!
O balconista encheu o copo e advertiu:
- Aqui, todo mundo que toma pinga joga um pouco no chão e oferece pro santo.
O freguês fez um gesto dando uma banana com o braço, e falou:
- Pro santo eu dou uma banana!
No mesmo instante, o braço do cara endureceu. Emperrou de tal forma que não se mexia.
- O que aconteceu?
- O senhor ofendeu o santo e ele o castigou! Mas como é a primeira vez que o senhor vem ao bar, vou ajudar a resolver isso.
O balconista chamou todos os fregueses e pediu que rezassem.
Então, o braço do sujeito foi voltando ao normal.
Um velhinho viu tudo e ficou impressionado. Foi ao balconista, pediu uma pinga e tomou tudo de uma vez. O balconista perguntou:
- E pro santo?
O velhinho abaixou as calças, tirou o “falecido” para fora e respondeu:
- Aqui pro santo!!
O danado do falecido endureceu na hora!
O velhinho, então, sacou uma arma e gritou:
- Se alguém rezar agora, leva bala!

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Terça, 10 de setembro de 2013

ET DE XAPURI


-----
DEMOCRACIA


-----
RAPIDINHA
Ontem encontrei um velho amigo que há muitos anos não via.
- E ai meu amigo, quais as novidades?
 - Pô cara, casei. E casei à moda antiga!
- À moda antiga? Então foi naquelas carroças que havia antigamente, levou um banho de arroz...
- Que nada! Casei à moda antiga; CASEI COM UMA MULHER!

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Segunda, 9 de setembro de 2013

MADURO

No pátio de um manicômio, dois psiquiatras observavam três doidos pendurados de ponta cabeça numa árvore. De repente, um deles se soltou e amontoou-se no chão, e ali permaneceu sem se movimentar. Curiosos, os médicos se aproximaram dele e um perguntou:
- O que houve?
E o maluco:
- Amadureci!
-----
SEM AÇÚCAR


-----
VINHOS
Numa loja de vinhos, o degustador havia falecido e o proprietário começou a buscar alguém que fizesse o trabalho.
Um oficial piloto da Marinha, bêbado e velho, se apresentou.
O proprietário se perguntava como podia livrar-se dele.
Então deram um copo de vinho para ele tomar. O velho piloto provou:
- É um Moscatel de três anos, elaborado com uvas colhidas na parte norte da região, guardado em um barril de carvalho. É de baixa qualidade porém aceitável.
Correto, disse o chefe. Outro copo por favor.
- É um cabernet, de 8 anos, com uvas colhidas nas montanhas ao sul da região,  guardado em barril de carvalho americano a 8 graus de temperatura. Ainda faltam uns três anos para que alcance sua mais alta qualidade.
Absolutamente correto. Um terceiro copo.
- É um champanhe elaborado com uvas pinot blanc de alta qualidade e exclusivas disse calmamente o bêbado.
O proprietário não acreditava no que estava vendo e fez um sinal com os olhos para sua secretaria e pediu a ela que fizesse algo. Ela saiu da loja e regressou com um copo de urina.
O bebum provou:
- É de uma ruiva de 26 anos de idade, com três meses de gravidez e se não me derem o emprego, digo quem é o pai!

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Sexta, 6 de setembro de 2013

ILUSÃO DO SUFRÁGIO UNIVERSAL



-----
O CEGUINHO E O GINECOLOGISTA

Um ceguinho entra no consultório de um médico.
- Doutor, preciso de uma orientação sua.
- Desculpe, eu sou ginecologista. O senhor deve ter se confundido.
- Não, tem que ser com o senhor mesmo. Eu estou com uma dúvida e só um ginecologista pode me ajudar.
- Está bem, qual é a dúvida?
- É o seguinte, doutor: quanto mede um clitóris?
- Um clitóris? Mais ou menos um centímetro.
E o ceguinho:
- Merda! Chupei uma pica!
-----
NA AULA

A professora pergunta a um aluno:
- Wandercleison, diga aí um verbo.
- Bicicreta.
- Não é bicicreta. É bicicleta! E bicicleta não é verbo.
Depois, perguntou ao segundo aluno:
- Helvispresli, diga aí um verbo.
- Prástico.
- Não é prástico. É plástico! E plástico não é verbo.
A professora, desesperada, perguntou ao terceiro aluno.
- Janedílson, diga aí um verbo.
- Hospedar.
- Muito bem! Hospedar realmente é um verbo!
Agora diga-me uma frase com o verbo que escolheu.
- Hospedar da bicicreta são de prástico!
--
Alguém duvida que estamos caminhando para isso?

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Quinta, 5 de setembro de 2013

NA EXPOINTER


-----
LÍNGUA
O médico:
- Seu pulmão, seu coração e a sua pressão estão ótimos. Agora deixe-me ver essa coisinha que costuma meter as mulheres em grandes encrencas.
A mulher prontamente tira o vestido e quando começa a tirar a calcinha é interrompida:
- Não, não! Não precisa tirar a roupa, minha senhora. Só quero que me mostre a sua língua!
-----
VELHINHO ESQUECIDO
Três velhinhos conversam:
- Tenho 75 anos,mas estou em plena forma. Só o meu estômago é que anda rateando um pouco. Outro dia comi uma feijoada, acompanhada de umas e outras caipirinhas. E depois me senti meio pesado, sonolento.
- Pois eu tenho 78 e também estou legal, mas acho que minhas pernas andam fraquejando. Ontem eu joguei uma pelada na praia, depois nadei uns três quilômetros. À noite, minhas pernas estavam um pouco doloridas.
- Já eu, que tenho 80 anos não sinto esses problemas. Mas, minha memória está começando a falhar: ontem, de madrugada, eu bati na porta do quarto da empregada, ela acordou assustada e falou: "Que é isso, Seu José? Quer dar mais uma?"

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Segunda, 2 de setembro de 2013

APOSENTADORIA
Depois de aposentar-me, fui até o INSS para poder receber meu benefício. A mulher que me atendeu solicitou minha identidade para verificar minha idade. Chequei meus bolsos e percebi que a tinha deixado em casa. Disse à mulher que lamentava, mas teria que ir até minha casa e voltar depois. A mulher disse: - Desabotoe sua camisa.
Então, desabotoei minha camisa deixando exposto meus cabelos crespos prateados. Ela disse:
- Este cabelo prateado  no seu peito é prova suficiente para mim. E processou meu benefício.
Quando cheguei em casa, contei entusiasmado o que ocorrera para minha esposa.
Ela:
- Por que você não abaixou as calças? Você poderia ter conseguido auxilio-invalidez também...
-----
FRALDA SEXY


-----
SUJEITO