sexta-feira, 29 de junho de 2012

Sexta, 29 de junho de 2012

FLOR DO LÁCIO
Diz a lenda que Rui Barbosa, ao chegar em casa, ouviu um barulho estranho vindo do seu quintal.
Chegando lá, constatou haver um ladrão tentando levar seus patos de criação.
Aproximou-se vagarosamente do indivíduo e, surpreendendo-o, quando este tentava pular o muro com os patos, disse:
- Oh, bucéfalo anácrono! Não o interpelo pelo valor intrínseco dos bípedes palmípedes, mas, sim, pelo ato vil e sorrateiro de profanares o recôndito da minha habitação, levando meus ovíparos à sorrelfa e à socapa. Se fazes isso por necessidade, transijo; mas se é para zombares da minha elevada prosopopéia de cidadão digno e honrado, dar-te-ei, com minha bengala fosfórica, bem no alto da tua sinagoga, e o farei com tal ímpeto que te reduzirei à quinquagésima potência que o vulgo denomina nada.
E o ladrão, confuso:
- Dotô, resumino, eu levo ou deixo os pato?
-----
CASAL
O marido chega em casa preocupado porque está com um arranhão no peito provocado por uma "unhada" da sua amante.
Abre a porta , vê o seu gato dormindo no sofá e dá-lhe um tremendo chute. O bicho solta um miado estridente e sai correndo porta a fora.
A sua mulher chega na sala e pergunta o que houve e ele:
- Esse gato parece estar louco!! Entrei e, sem mais nem menos, ele pulou em mim e me arranhou no peito, olha só que baita arranhão!!
A mulher:
- Fizeste muito bem!! Hoje me mordeu na bunda e me deu um baita chupão no pescoço!!
-----
LINHA DE TRANSMISSÃO CAMPINAS/PELOTAS


quinta-feira, 28 de junho de 2012

Quinta, 28 de junho de 2012

MILAGRE
Idalina trabalhava na casa de um médico em São Paulo.
Durante muitos anos foi o anjo da guarda da família. Cuidava da limpeza, da cozinha e da roupa. E ajudou a criar os filhos, que, como todos, a adoravam.
Um dia, muito sem jeito e com os olhos cheios de lágrimas, Idalina anunciou que ia embora.
O médico, a mulher, os filhos ficaram em pânico:
- O que é que aconteceu, Idalina? Algum problema? Salário pequeno? Vamos conversar. Quem sabe a gente aumenta seu ordenado?
- Não é nada disso não, doutor. É a igreja. A nossa igreja transferiu meu marido para o Paraná e eu tenho que ir com ele.
- Seu marido é pastor?
- Não, doutor. O pastor é que vai nos levar com ele.
- Se seu marido não é pastor, pode muito bem ser substituído por outro.
- Não pode não, doutor. O pastor só confia em meu marido.
- E o que seu marido faz?
- Ele é o aleijado que se levanta na hora do milagre.
-----
O DEGUSTADOR
Numa loja de vinhos, o degustador havia falecido e o proprietário começou a buscar alguÉm que fizesse o trabalho.
Um bÊbado,velho, se apresentou para solicitar o lugar. O proprietário se perguntava como podia livrar-se dele. Então deram um copo de vinho para ele tomar. O velho provou e disse:
“É um Moscatel de tres anos, elaborado com uvas colhidas na parte norte da região, guardado em um barril de carvalho. É de baixa qualidade porém aceitável.
“Correto”, disse o chefe. Outro copo por favor.”
- É um cabernet, de 8 anos, com uvas colhidas nas montanhas ao sul da região,  guardado em barril de carvalho americano a 8 graus de temperatura. Ainda faltam uns três anos para que alcance sua mais alta qualidade.
“Absolutamente correto.  Um terceiro copo.”
- É um champanhe elaborado com uvas pinot blanc de alta qualidade e exclusivas” disse calmamente o bebado.
O proprietário não acreditava no que estava vendo e fez um sinal com os olhos para sua secretaria e pediu a ela que fizesse algo. Ela saiu da loja e regressou com um copo de urina. O bebum provou e disse:
- É de uma ruiva de 26 anos de idade, com três meses de gravidez e se não me derem o emprego digo quem é o pai!!
-----
DIVÓRCIO
Um casal de velhinhos vai ao escritório de um advogado para que seja preparado o divórcio.
O advogado, vendo-os assim tão velhinhos, pergunta por que eles farão isso nessa idade tão avançada.
Determinada ao divórcio a velhinha diz:
- Veja doutor, é que ele tem, com muitos esforços, uma única ereção no ano e...
O velhinho, nervoso, a interrompe:
- E ela pretende que eu a desperdice logo com ela.

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Quarta, 27 de junho de 2012

LOIRA CAMAREIRA

video

-----
RAPIDINHA
Dois soldados trocam impressões:
- Então, por que te alistaste?
- Porque sou solteiro e gosto de guerra. E tu?
- Porque sou casado e gosto de paz.
-----
RAPIDINHA - 2
Os noivos reúnem-se com o padre.
O padre:
- O que pensam de sexo antes do casamento?
Responde o noivo:
- Desde que não atrase a cerimônia, por mim tudo bem!!


terça-feira, 26 de junho de 2012

Terça, 26 de junho de 2012

DO FB DO EMANUEL MATTOS


-----
O PODER DA CERVEJA
O sujeito está num bar, bebendo cerveja. A cada copo bebido, tira uma
foto do bolso e contempla-a.
Depois da sexta cerveja, o barman, pergunta-lhe porque faz aquilo. O
homem responde que é a foto da esposa, e que, quando começar achá-la
sexy, irá para casa.
Para que, possamos analisar o poder da cerveja, clique no quadro em
verde, abaixo. Depois que abrir, com o mouse, desloque a caneca para a
direita. Confira o poder da cerveja!!!!!
Clique:
http://img.thesun.co.uk/multimedia/archive/00622/beer_goggles_622180a.swf
-----
QUEM TEM A MULHER MAIS BURRA?
Um alemão, um inglês e um português competiam para saber quem tinha a mulher mais burra.
O inglês começou:
- É a minha. Ela comprou uma bicicleta com 18 marchas, muito cara e nem sabe andar de bicicleta.
E o alemão:
- Isso não é nada. A minha mulher mandou construir uma piscina no quintal de casa e nem sabe nadar.
O português dá uma gargalhada e diz:
- Pois a minha mulher é muito mais burra. Ela vai passar o Carnaval em Salvador, comprou uma caixa de camisinhas e nem pinto ela tem!!
-----
No FB do Zé Adão Barbosa
Não é por ser meu amigo, mas o Adão Iturrusgarai é muito bom!



segunda-feira, 25 de junho de 2012

Segunda, 25 de junho de 2012

SEM COMENTÁRIOS!!


-----
DE PORTUGA
A bichinha se apaixonou loucamente por um português bonitão e que morava a dois quarteirões da sua casa.
Toda noite era a mesma coisa. A bichinha se produzia toda e ficava desfilando pra lá e pra cá, na paquera do lusitano.
Até que um belo dia o galego deu bobeira e a bichinha colou:
- Olá gostosão... tá a fim de conhecer o meu apartamento?
E o portuga, educadíssimo:
- Ora, pois pois... aceito com muita honra!
Meia hora depois, lá estavam os dois no apartamento da bichinha.
Primeiro veio o jantar, bem requintado. Depois, boa música, sorvete, pudim, cafezinho. E o Manoel se sentindo prestigiadíssimo. A bichinha fazia de tudo pra agradar.
Depois veio o banho: primeiro a bichinha, depois o galego. Mais um pouco de papo e a bichinha achou que estava na hora do "vamos ver":
- Agora, gostosão, pra terminar essa noitada em alto estilo, eu vou te dar a minha bunda...
Foi quando o português, educadíssimo, interrompou a moçoila:
- Negativo! Depois de me receberes tão bem e teres feito de tudo para me agradar... não é justo... quem vai lhe dar a bunda, sou eu!
-----
COISAS DA VIDA
Já aconteceu de você, ao olhar pessoas da mesma idade que a sua e pensar: - será que eu tô tão acabada assim?
Veja o que conta uma amiga:
- Estava sentada na sala de espera para a minha primeira consulta com um novo dentista, quando observei o diploma na parede.
Estava escrito o seu nome e sobrenome, de repente, recordei de um moreno alto, por quem na época eu nutria uma paixão platônica e que tinha esse mesmo nome.
Era da minha classe do colegial, há uns 30 anos. E eu me perguntava:
- Será que é ele?
Quando entrei na sala de atendimento, imediatamente descartei esse pensamento.
Esse homem grisalho, quase calvo, gordo, era demasiadamente velho e desgastado pra ter sido o meu amor secreto.
Depois que ele examinou os meus dentes, perguntei-lhe se ele estudou no Colégio Sacré Coeur.
- Sim, respondeu-me.
- Quando se formou? perguntei.
- 1975. Por que ?
- É que, bem, você era da minha classe.
E então esse velho horrível, cretino, careca, barrigudo, flácido, filho, lazarento, esclerosado, me perguntou:
- A senhora era professora de quê? 

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Sexta, 22 de junho de 2012

GENIAL!!


-----
IDADE
O milionário, aos 62 anos, casou-se com uma jovem lindíssima de apenas 19 anos. Ao saber do fato, um velho amigo lhe perguntou:
- Como você conseguiu convencer uma garota tão jovem a se casar com um velho como você?
- Fácil! Eu menti a minha idade para ela!
- Como?
- Eu disse que tinha 85 anos!
-----
BARBUDINHO
Júlio está no motel com a amante, curtindo o pós-transa, quando ela resolve interromper o silêncio:
- Júlio, por que você não corta essa barba?
- Ah... se dependesse só de mim... Você sabe que minha mulher seria capaz de me matar se eu aparecesse sem barba. Ela me ama assim!
- Ora, querido, faça isso por mim, por favor!!
- Não sei não. Sabe, minha mulher me ama muito, não tenho coragem de decepcioná-la.
- Mas você sabe que eu também te amo muito!!
O sujeito continua dizendo que não dá, até que não resiste às súplicas da amante e resolve atender ao pedido.
Depois do trabalho ele passa no barbeiro, sai com amigos e quando chega em casa a esposa já está dormindo.
Assim que ele se deita, sente a mão da esposa afagando o seu rosto lisinho e com a sua voz sonolenta diz:
- Ricardo! Você ainda está aqui? Vai embora!! O barbudinho tá quase chegando!!

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Quinta, 21 de junho de 2012

MENSTRUAÇÃO
Na semana do casamento, a menstruação chega causando verdadeiro desespero na noiva, que aos prantos desabafa com a mãe:
- Puxa mãe, justo na semana do meu casamento, tenho que ficar assim? Eu sou uma desgraçada mesmo! Como vai ser na lua de mel? O meu futuro marido vai me odiar! Buáááá!
Vendo a situação da filha, a mãe resolve conversar com o noivo a fim de tranqüilizar a noivinha neurótica.
- Mas, Dona Maria, diz o noivo. Fale para ela não se preocupar, pois sei que essas coisas podem acontecer sem aviso. A senhora pode ir para casa. Fique tranquila e, por favor, diga à sua filha que o ocorrido é um mero detalhe comparado ao nosso AMOR. Pode deixar que ficaremos no AMOR PLATÔNICO nesses dias!
Aliviada, a sogra volta rapidamente para acalmar a filha.
- Filha! Olha, fui lá falar com o seu noivo e ele entendeu o seu problema. Ah, e ele também falou que qualquer coisa vocês ficam só no AMOR PLATÔNICO, viu?
Quando a mãe já estava saindo do quarto, a filha pergunta:
- Mas mãe! O que é Amor Platônico?
- Também não sei o que é filha. Mas, em todo caso, lave bem a bunda, escove bem os dentes e seja o que Deus quiser!
-----
PALESTRA
Quatro horas da manhã. Um homem com andar meio cambaleante caminha pela rua escura. Um carro da polícia se aproxima e os policiais resolvem averiguar a situação:
- Onde vai o cidadão a uma hora destas?
- Estou indo assistir uma palestra…
- Palestra?! A esta hora? Sobre o quê?
- Sobre os efeitos do álcool e das drogas no corpo humano. Os danos causados pela esbórnia e a farra na degradação da vida amorosaconjugal. Nos impactos negativos sobre o sistema nervoso central e periférico advindos dessa vida desregrada. Dos malefícios aos órgãos internos e também externos devastados pela ingestão desenfreada de fumo, álcool e drogas ilícitas.
A vida sem Deus no coração.
- Ô meu, fala sério! E quem vai dar uma palestra desta abrangência e relevância científica a esta hora da madrugada?
- Minha esposa quando eu chegar em casa.
-----
PAREDÃO
Em Cuba, estavam para serem executados no paredão, um brasileiro, um argentino e um português...
Na hora da execução, um soldado chama:
- Que venga el brasileño!
E o brasileiro é levado da cela ao paredão:
- Atención! Preparar, apontar...
E o brasileiro grita:
- TERREMOTO!!!
Todos no quartel se desesperam e saem correndo, com medo do terremoto.
O brasileiro aproveita a confusão e foge.
Passada a correria, chega a vez do argentino, que viu tudo pela janelinha de sua cela:
Como todo argentino ele vai imitar o brasileiro.
- Atención! Preparar, apontar...
Grita o argentino:
- INUNDACIÓN!!!
A confusão se repete: Todos saem correndo desesperadamente com medo da inundação e o argentino também foge.
Aí chega a vez do português.
Tranquilo, querendo que a trapaça funcionara com o brasileiro e o argentino; ele foi sorridente ao paredão:
- Atención! Preparar, apontar...
E o português grita:
- FOGO!!!


quarta-feira, 20 de junho de 2012

Quarta, 20 de junho de 2012

A FOTO DO MANUEL.
O portuga procura uma foto sua para enviar à família, em Portugal, com havia prometido.
Como não achou, foi até ao banheiro para pentear o cabelo e sair para tirar a foto.
Ao chegar ao espelho, percebeu sua imagem refletida e pensou:
-Ora, pois, vou enviar esse espelho que tem a minha imagem e pronto; não preciso nem gastar dinheiro com foto.
Quando o embrulho chegou a Portugal, seu pai foi logo abrindo, curioso, pra ver a foto do filho, que há tempos não via..
Quando se deparou com o espelho, gritou assustado:
-Maria vem cá a correr, vê como nosso filho envelheceu; até parece um velho de 60 anos!!
E ainda está com a cara de pinguço!!
Maria, ao se debruçar no ombro de Joaquim, diz:
-Também pudera, com essa velha feia, com cara de louca ao seu lado, só podia mesmo virar alcoólatra!!
-----
BAIANOS
Um paulista, trabalhando pesado, suado, terno e gravata, vê um baiano
deitado numa rede, na maior folga.
O paulista não resiste e diz:
-Você sabia que a preguiça é um dos sete pecados capitais?
E o baiano, sem se mexer, responde:
- Óxente!!!! E a inveja é o quê?!
--
A mãe do baiano vai viajar pro exterior e pergunta ao filho:
- Quer que mãinha lhe traga alguma coisa da viagem, meu dengo?
- Ô, minha mãe... Por favor, me traga um relógio que diz as horas.
- Ué, meu cheiro...e o seu, não diz não?
- Diz não, mãinha...eu tenho de olhar nele pra saber.
--
O baiano deitadão na varanda :
- Ô mãinha, a gente tem pomada pra queimadura de taturana?
- Purque, meu dengo? Uma taturana encostou em ti, foi?
- Foi não, mas ela tá cada vez mais perto...
--
Três horas da tarde...dois baianos encostados numa árvore à beira da estrada.
Passa um carro a alta velocidade e deixa voar uma nota de cem reais, mas o dinheiro cai do outro lado da estrada.
Passados cinco minutos, um fala para o outro:
- Rapaz, se o vento mudar, a gente ganha o dia...
--
Quatro baianos assaltam um banco e param o carro uns quilômetros à frente.
Um deles pergunta ao chefe da quadrilha:
- E aí, meu rei...vamos contar o dinheiro?
- E pra que esse trabalhão? Vamos esperar o noticiário da TV.
--
Dois baianos estirados nas redes estendidas na sala:
Ox, será que tá chovendo?
- Sei não, meu rei...
- Vai lá fora e dá uma olhada. ..
- Vai você...
- Vou não, tô cansadão...
- Então, chame o cachorro...
- Oxente, chame você...
- Ôooo Fernando Afonso!
O cachorro entra na sala, pára e deita de costas para os dois.
- E então, meu rei, tá chovendo?
- Tá não...o cão tá sequinho.
--
Dois baianos que eram primos vão servir o exército. Chegando lá são entrevistados pelo sargento:
-Qual o seu nome? pergunta ao primeiro.
-É Tonho, meu rei.
- Negativo. De agora em diante você será "Antônio". E o que você está azendo aqui?
- Tô dando um tempo.
- Negativo. Você está servindo à Pátria.
- E o que é aquilo? Pergunta apontando para a Bandeira do Brasil.
- É a bandeira.
- Negativo. De agora em diante, ela é a sua Mãe.
Vira-se para o segundo e pergunta:
- Qual o seu nome?
- É Pedro.
- E o que você está fazendo aqui?
- Servindo à Pátria.
- E o que é aquilo (apontando para a bandeira)?
- É minha tia. Mãe de Tonho...

terça-feira, 19 de junho de 2012

Terça, 19 de junho de 2012

É VERDADE??
Consta que, certa noite, anos atrás, um homem entrou com a namorada no restaurante Lucas Carton, em Paris, e pediu uma garrafa de "Mouton Rothschild", safra 1928.
O sommelier, em vez de trazer a garrafa para mostrar ao cliente, traz o decanter de cristal cheio de vinho e, depois de uma mesura, serve um pouco no cálice para o cliente provar.
O cliente, lentamente, leva o cálice ao nariz para sentir o aroma, fecha os olhos e cheira o vinho.
Inesperadamente, franze a testa e, com expressão muito irritada, pousa o copo na mesa, comentando rispidamente:
- Isto aqui não é um Mouton de 1928!
O sommelier assegura-lhe que é. O cliente insiste que não é.
Estabelece-se uma discussão e, rapidamente, cerca de 20 pessoas rodeiam a mesa, incluindo o chef de couisine e o gerente do hotel, que tentam convencer o intransigente consumidor de que o vinho é mesmo um Mouton de 1928.
De repente, alguém resolve perguntar-lhe como sabe, com tanta certeza, que aquele vinho não é um Mouton de 1928.
- O meu nome é Phillippe de Rothschild, diz o cliente modestamente, e fui eu que fiz esse vinho.
Consternação geral.
O sommelier então, de cabeça baixa, dá um passo à frente, tosse, pigarreia, bagas de suor escorrem da testa e, por fim, admite que serviu na garrafa de decantação um Clerc Milon de 1928, mas explica seus motivos:
- Desculpe, mas não consegui suportar a idéia de servir a nossa última garrafa de Mouton 1928. De qualquer forma, a diferença é irrelevante.
Afinal, o senhor também é proprietário dos vinhedos de Clerc Milon, que ficam na mesma aldeia do Mouton. O solo é o mesmo, a vindima é feita na mesma época, a poda é a mesma e o esmagamento das uvas se faz na mesma ocasião, o mosto resultante vai para barris absolutamente idênticos. Ambos os vinhos são engarrafados ao mesmo tempo. Pode-se afirmar que os vinhos são iguais, apenas com uma pequeníssima diferença geográfica.
Rothschild, então, com a discrição que sempre foi a sua marca, puxa o sommelier pelo braço e murmura-lhe ao ouvido:
- Quando voltar para casa esta noite peça à sua namorada para se despir completamente. Escolha dois orifícios do corpo dela muito próximos um do outro e faça um teste de olfato. Você perceberá a sutil diferença que pode haver numa pequeníssima distância geográfica.
-----
RAPIDINHA
O bebum entra no ônibus e senta ao lado de um padre.
O cara estava muuito bêbado.
Aí o padre dispara:
- Não vê que esse é o caminho para o inferno, meu filho?
E o bebum se levantando:
- Bah, peguei o ônibus errado!!

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Segunda, 18 de junho de 2012

Brinde da Receita Federal
A Receita Federal acaba de anunciar que vai enviar um brinde especial para todos os contribuintes que pagaram seus impostos dentro do prazo nos últimos três anos.
O brinde, um exclusivo apontador de lápis de design único, poderá ser colocado na mesa de trabalho para servir de lembrete constante dos serviços a que os impostos desta grande nação dão direito!!


-----
Diferenças 
Diferença entre neurótico, esquizofrênico e psiquiatra
O neurótico constrói castelos no ar.
O esquizofrênico mora neles.
E o psiquiatra cobra aluguel.
-----
Papagaio
O cara entra numa loja de animais, querendo comprar um papagaio.
Vê três louros idênticos, numa gaiola, e pergunta o preço.
O dono da loja explica:
- O da esquerda custa quinhentos reais. É que esse é um papagaio especial. Sabe operar computador.
- Ah… E o da direita quanto vale?
- Esse custa mil reais. Porque, além de operar computador, ele domina Windows 7 e Macintosh.
- E o papagaio do meio?
- Esse custa cinco mil reais.
- E o que ele sabe fazer de especial?
- Nunca vi ele fazer coisa nenhuma, mas os outros dois só chamam ele de CHEFE.
-----
Piu!
O sujeito estava dirigindo a 120km, com um amigo sentado ao lado.
Cada vez que entrava numa curva perigosa, o amigo lascava:
– Piu!
Dava uma freada brusca e o amigo:
– Piu!
Passava de 130 km e o amigo:
– Piu!
Quando chegaram ao destino, o cara perguntou:
- Que história foi essa de toda hora você ficar falando: Piu! Piu! Piu!?
- É que um primo meu morreu num acidente de carro, sem dar um pio.

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Sexta, 15 de junho de 2012

COJONES
Um turista estava bebericando sua tequila em um Restaurante em Cabo San Lucas, quando notou uma bandeja fervilhante, com uma comida de aparência deliciosa sendo servida na mesa ao lado.Ao garçom:
- O que é que você acabou de servir?
- Señor es la preferencia de quien tiene mui buen gusto!  Estos se chaman "Cojones de Toro",son los testículos de um toro que combatió e se ha muerto en la arena en esta manhana.   Es una delicia!
Cheirava tão bom que o turista disse:
- Traga-me um prato desses.
- Perdón, senhor.  Hay apenas uma servida al dia, porque tiene solamente una torada  a cada manhana.  Se usted llegar  temprano manhana y hacer su solicitud es possible la reserva de este manjar.
Na manhã seguinte, o turista voltou, e fez a sua reserva.  Naquela noite foi-lhe servido aquela única e especial iguaria do dia.
Depois de algumas mordidas e fiscalizar o seu prato, ele chamou o garçom e disse:
- Estão deliciosos, mas eles são muito, muito menores do que os que eu vi você servindo ontem.
O garçom encolheu os ombros e respondeu:
- Bueno, señor... A veces el toro vence!
-----
MAGISTRADOS NO MOTEL
Coincidentemente, dois juízes encontram-se no estacionamento de um motel e, constrangidos, reparam que cada um estava com a mulher do outro.
Após alguns instantes silentes e de "saia justa", mas mantendo a compostura própria de magistrados, em tom solene e respeitoso um diz ao outro:
- Nobre colega, inobstante este fortuito imprevisível, sugiro que desconsideremos o ocorrido, crendo eu que o CORRETO seria que  a minha mulher venha comigo, no meu carro, e a sua mulher volte com Vossa Excelência no seu.
Ao que o outro respondeu:
- Concordo plenamente, nobre colega, que isso seria o CORRETO, sim... No entanto, não seria JUSTO, levando-se em consideração - que vocês estão saindo e nós estamos entrando...
-----
SORTE
O marido estava do outro lado da rua, jogando conversa fora com um amigo e a mulher em casa, conferindo a megasena.
Quando viu que tinha acertado as seis dezenas enlouqueceu e começou a gritar:
- Juvenal, Juvenal! Ganhei, ganhei a megasena!!
O marido atravessa a rua como louco, vem um ônibus e mata o coitado.
A mulher pensa:
- Puxa, quando a gente tá com sorte, tá com sorte mesmo!!!

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Quinta, 14 de junho de 2012

A LOIRA
Um ventríloquo estava fazendo um show num bar de uma cidadezinha do interior.
Exibia o seu repertório habitual sobre a burrice das loiras, quando uma loiraça deslumbrante sentada na quarta mesa se levantou:
- Já ouvi o suficiente das suas piadas denegrindo as loiras, seu imbecil. O que é que o faz pensar que pode estereotipar as mulheres dessa maneira? O que é que tem a ver os atributos físicos de uma pessoa com o seu valor como ser humano? São homens como você que impedem que mulheres como eu sejam respeitadas no trabalho e na comunidade, que nos impede de alcançar o pleno potencial como pessoa!!
E continuou, furiosa:
- Por sua causa e por causa das pessoas da sua laia perpetua-se a discriminação não só contra as loiras, mas contra as mulheres em geral!! Tudo em nome do humor! Um humor idiota e sem nenhum propósito!!
Confuso, o ventríloquo começou a pedir desculpas, e a loira salta:
- E o senhor não se meta! Estou falando com esse rapazinho que está sentado no seu colo!
-----
EXEMPLOS
Desde pequenos, víamos coisas estranhas na TV!
* O Tarzan corria pelado...
* Cinderela chegava em casa meia noite...
* Aladim era ladrão...
* Batman dirigia a 320 km/h...
* Pinocchio mentia...
* Salsicha (Scooby-Do) tinha voz de maconheiro, via fantasma e conversava com o cachorro...
* Zé Colméia e Catatau eram cleptomaníacos e roubavam cestas de pic-nic...
* Branca de Neve morava na boa com 7 homens...
* Olívia Palito tinha bulimia...
* Popeye fumava um matinho muito suspeito...
* Pac Man corria em uma sala escura com musica eletrônica, comendo pílulas que o deixavam "ligadão"...
* Super Homem, locão, colocava cueca por cima da calça...
* A Margarida namorava o Pato Donald e saía com o Gastão.
--
Olha os exemplos que tivemos...!
Agora pedem pra gente ser normal e se comportar?!
Tarde demais!

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Quarta, 13 de junho de 2012

DO DIA DOS NAMORADOS
O marido nu, olha-se no espelho e diz para a esposa:
- Estou tão feio, gordo, brocha, careca, sacudo, acabado! Preciso de um elogio!!
A esposa:
- A sua visão está ótima!!!
-----
DESILUSÃO
O cara sofre um acidente de carro e seu pênis é dilacerado.
O médico assegura que a medicina moderna poderá trazer o seu pênis de volta, através de um transplante, mas o plano de saúde não cobrirá a cirurgia, pois é considerada estética.
- Os preços da cirurgia são os seguintes:
R$ 5.000,00 - tamanho pequeno;
R$ 9.000,00 - tamanho médio;
R$15.000,00 - tamanho grande.
O homem aceita o transplante, só ficando em dúvida quanto ao tamanho: P, M ou G.
O médico o aconselha a conversar com a esposa antes de decidir e sai da sala para deixá-lo à vontade.
O sujeito telefona para a esposa e explica a situação.
Voltando à sala, o médico encontra o homem chorando e pergunta:
- Então, o que você e a esposa resolveram?
O cara:
- Ela prefere reformar a cozinha!
-----
UM PADRE DO BALACOBACO
Em uma cidadezinha na divisa do Brasil com Argentina, a igreja enche para a missa das 10 horas. Argentinos, brasileiros, prefeito, todo mundo.
O padre começa o sermão:
- Irmãos, estamos hoje aqui reunidos para falar dos Fariseus. Aquele povo desgraçado como esses argentinos que estão aqui!!
- Ohhhhhhh!
Foi o maior tumulto.
Os argentinos saíram xingando o padre. Houve briga na porta da igreja.
Acabada a confusão, o prefeito foi falar com o padre na sacristia:
- Padre, pega leve, os argentinos vêm para cá, gastam nas lojas, nos restaurantes, trazem divisas para a cidade. Não faça mais isto, por favor.
Durante toda a semana a cidade não falou de outra coisa senão do padre e o sermão do domingo. Aquele zum,zum zum todo foi deixando as pessoas curiosas para saber como seria no domingo seguinte. É bem verdade, que uma parte estava até satisfeita, pois não morriam de amores pelos hermanos.
Finalmente, chega o domingo, o prefeito vai à sacristia e recomenda:
- Padre, o senhor lembra da nossa conversa, não? Por favor, não arrume nenhuma encrenca hoje, certo?
Começa a missa e o padre chega ao sermão:
- Irmãos, estamos aqui reunidos hoje, para falar de uma pessoa da Bíblia:
Maria Madalena. Aquela mulher, a prostituta, como essas argentinas que estão aqui!!
Mal acabou de falar e não deu outra! Pancadaria na igreja, algumas internações no hospital e o prefeito novamente foi ao encontro do padre:
- Padre, pelo amor de Deus! o senhor não me disse que ia pegar leve? Se o senhor não parar com isso, vou ter que pedir sua retirada imediata da paróquia.
Naquela semana, o zum-zum-zum foi maior ainda.
O papo era só o sermão e ninguém perderia a missa do próximo domingo nem por decreto! Na manhã do domingo, a Igreja parecia final de Campeonato Brasileiro. Não tinha lugar para ninguém.
O prefeito entra na sacristia escoltado pela polícia e adverte:
- Padre, pega leve, senão te levo em cana!
A igreja estava abarrotada. Quase não se conseguia respirar de tanta gente.
Quando o padre aparece, tensão generalizada. Até que ele começa o sermão:
- Irmãos, estamos aqui reunidos hoje, para falar do momento mais importante da vida de Cristo: a Santa Ceia.
O prefeito então respirou aliviado.
- Jesus, naquele momento disse aos apóstolos: Esta noite, um de vocês me trairá.
Então João pergunta: - Mestre, sou eu?
E Jesus respondeu: - Não, João, não será você.
Pedro pergunta: - Mestre, serei eu? E Cristo respondeu: - Não, Pedro, não será você.
E então Judas pergunta:
- Mestre, soy yo?

terça-feira, 12 de junho de 2012

Terça, 12 de junho de 2012

RAPIDINHA
Uma freira, na hora da morte, pediu para escreverem no seu túmulo:
Nasci virgem
Vivi virgem
Morri virgem
O cara da funerária achou que eram muitas palavras e lascou:
Devolvida sem uso
-----
DE CASAL
O marido, ao chegar em casa, no final da noite, diz à mulher que já estava deitada :
- Querida, eu quero amá-la!!
A mulher, que estava dormindo, com a voz embolada, responde:
- A mala... ah não sei onde está, não! Use a mochila que está no maleiro do quarto de visitas.
- Não é isso querida, hoje vou amar-te!!
- Por mim, você pode ir até Júpiter, Saturno e até à merda, desde que me deixe dormir em paz....
-----
SANTO BRABO
Chegou um cara no bar e gritou:
 - E aí? Me dá uma pinga aí!
 O balconista encheu o copo e advertiu:
 - Aqui todo mundo que toma pinga joga um pouco no chão e oferece pro santo!
 O freguês deu uma banana com o braço.
 - Aqui, ó! Pro santo eu dou uma banana!
 No mesmo instante o braço do cara endureceu de tal forma que não se mexia.
 - O que aconteceu?.
 - O senhor ofendeu o santo e ele te castigou. Mas como é a primeira vez que o senhor vem ao bar, vou resolver isso.
 O balconista chamou todos os fregueses e pediu que rezassem.
 O braço do sujeito foi voltando ao normal.
 Um velhinho viu tudo e ficou impressionado.
 Foi ao balconista e pediu uma pinga e tomou tudo de uma vez.
 O balconista perguntou:
 - E pro santo?
 O velhinho abaixou as calças e tirou o TICO pra fora e falou:
 - Aqui pro santo!
 O TICO endureceu na hora.
 O velhinho rapidamente sacou uma arma e gritou:
 - SE ALGUÉM REZAR, MORRE!!!


segunda-feira, 11 de junho de 2012

Segunda, 11 de junho de 2012

RAPIDINHA
A professora pergunta para Johnattan, o Joãozinho do século 21:
- Qual o tempo verbal na frase eu procuro um homem fiel?
E ele:
- Tempo perdido.
-----
MILAGRE
O casal foi visitar o filho, nora e netos. Aceitaram o convite deles para dormir.
Quando o avô encontrou no banheiro uma caixa de Viagra ele perguntou ao filho:
- Posso usar uma dessas pílulas?
E o filho:
- Eu creio que não deve tomar papai, são muito fortes e muito caras.
- E quanto custa?
- Vinte reais por pílula.
- Não importa, insisto que eu quero provar. Amanhã pela manhã, te deixo o dinheiro debaixo do travesseiro.
No dia seguinte, perto do meio dia, o filho encontrou  220 reais embaixo do travesseiro. Telefonou para o pai:
- Eu falei que cada pílula custava 20 reais, e não 220 papai!
- Eu entendi. Os 200 reais quem colocou foi sua mãe.
-----
TIPO GARANHÃO
Um sujeito está na fila da caixa no supermercado.
De repente, observa que uma loiraça lhe acena e lança um sorriso daqueles de cair o queixo.
Ele deixa o carrinho das compras na fila e vai conferir.
- Desculpe, será que nos conhecemos?
Ela responde, sempre com aquele sorriso:
- Não se lembra de mim? Você é o pai de uma das minhas crianças.
O tipo põe-se imediatamente a vasculhar a memória e pensa na única vez em que foi infiel à esposa, perguntando à loiraça:
- Não me diga que você é aquela stripper do cabaré da Zuleika? Aquela mesma que passou um final de semana comigo em Gramado, há mais ou menos 12 anos?
- Bem, acho que o senhor está equivocado. Sou a professora do seu filho.

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Sexta, 8 de junho de 2012

GESTÃO DE RESULTADOS
Em uma cidade do interior, viviam duas mulheres que tinham o mesmo nome: Flávia.
Uma era freira e a outra, taxista. Quis o destino, que morressem no mesmo dia.
No céu, São Pedro as esperava.
- O teu nome?
- Flávia.
- A freira?
- Não, a taxista.
São Pedro consulta as suas notas e diz:
- Bem, ganhastes o paraíso. Leva esta túnica com "fios de ouro". Pode entrar.
A seguir...
- O teu nome?
- Flávia.
- A freira?
- Sim, eu mesmo.
- Bem, ganhastes o paraíso. Leva esta túnica de "linho". Pode entrar.
A religiosa diz:
- Desculpe, mas deve haver algum engano. Eu sou Flávia, a freira!
- Sim, minha filha, e ganhastes o paraíso. Leva esta túnica de linho...
- Não pode ser! Eu conheço a outra, Senhor. Era taxista, vivia na minha cidade e era um desastre! Subia as calçadas, batia com o carro todos os dias, conduzia pessimamente e assustava as pessoas. Nunca mudou, apesar das multas e repreensões policiais. E quanto a mim, passei 65 anos pregando todos os domingos na paróquia.. Como é que ela recebe a túnica com fios de ouro e eu esta?
- Não há nenhum engano - diz São Pedro. É que, aqui, adotamos uma gestão mais profissional do que a de vocês lá na Terra...
- Não entendo!
- Eu explico: Já ouviu falar de GESTÃO DE RESULTADOS? Pois bem, agora nos orientamos por objetivos, e observamos que nos últimos anos, cada vez que tu pregavas, as pessoas dormiam. E cada vez que ela conduzia o táxi, as pessoas rezavam! Resultado é o que importa!
-----
RAPIDINHA
A filha:
- Papi, o meu namorado me disse umas coisas que eu não entendi. Falou que eu tenho um belo chassis, lindos air-bags e um para-choques fenomenal!!
E o pai:
- Diz pro teu namorado, que se ele abrir o capô e tentar trocar o óleo do motor, eu arrebento o escapamento dele!
-----
PRECONCEITO
Quando Fabinho era pequeno, queria ser bailarino
e seus pais o desencorajaram, porque era coisa de viado.
Logo depois quis ser cabeleireiro, mas seus pais  não
deixaram porque era coisa de viado.
Passado algum tempo, quis ser estilista, mas seus pais
não permitiram, porque era coisa de viado.
Resultado:
Fabinho cresceu, é viado e não sabe fazer nada!!!

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Quarta, 6 de junho de 2012

ISSO É PIADINHA?
PODE SER, MAS A MAIS PURA VERDADE!!

Assunto: O que houve entre 1971 e 2011?
AS MUDANÇAS NOS ÚLTIMOS 40 ANOS:
Cenário 1:
Luis, de sacanagem quebra o farol de um carro, no seu bairro:
· Ano 1971: Seu pai tira a cinta e lhe aplica umas sonoras bordoadas no traseiro. A Luis nem lhe passa pela cabeça fazer outra nova "cagada", cresce normalmente, vai à universidade e se transforma num profissional de sucesso.
· Ano 2011: Prendem o pai de Luis por maus tratos. O condenam a 5 anos de reclusão e, por 15 anos deve abster-se de ver seu  filho. Sem o guia de uma  figura paterna, Luis se volta para as drogas, transforma-se num delinquente e fica preso num presídio especial para adolescentes.
Cenário 2:
José cai enquanto corria no pátio do colégio, machuca o joelho. Sua professora Maria, o encontra chorando e o abraça para confortá-lo...
· Ano 1971: Rapidamente, José se sente melhor e continua brincando.
· Ano 2011: A professora Maria é acusada de não cuidar das crianças. José passa cinco anos em terapia pelo susto e seus pais processam o colégio por danos psicológicos e a professora por negligência, ganhando os dois juízos. Maria renuncia à docência, entra em aguda depressão e se suicida...
Cenário 3:
Disciplina escolar:
· Ano 1971: Fazíamos bagunça na classe... O professor nos dava uma boa "cóça" e/ou nos encaminhava para a direção; chegando em casa, nosso velho nos castigava sem piedade e no resto da semana não incomodávamos mais ninguém.
· Ano 2011: Fazemos bagunça na classe. O professor nos pede desculpas por repreender-nos e fica com a culpa por fazê-lo. Nosso velho vai até o colégio dar queixa do professor e para consolá-lo compra um carro para o filhinho.
Cenário 4:
Horário de Verão:
· Ano 1971: Chega o dia de mudança de horário de inverno para horário de verão. Nada acontece.
· Ano 2011: Chega o dia de mudança de horário de inverno para horário de verão. A gente sofre transtornos de sono, depressão, falta de apetite, nas mulheres aparece até celulite.
Cenário 5:
Fim das férias:
· Ano 1971: Depois de passar férias com toda a família enfiados num Gordini ou Fusca, é hora de voltar, após 15 dias de sol na praia. No dia seguinte se trabalha e tudo bem.
· Ano 2011: Depois de voltar de Cancun, numa viagem 'all inclusive', terminam as férias e a gente sofre da síndrome do abandono, "panic attack", seborréia, e ainda precisa de mais 15 dias de readaptação...
Cenário 6:
Saúde:
· Ano 1971: Quando ficávamos doentes, íamos ao INPS aguardávamos 2 horas para sermos atendidos, não pagávamos nada, tomávamos os remédios e melhorávamos.
· Ano 2011: Pagamos uma fortuna por plano de saúde. Quando fazemos uma distensão muscular, conseguimos uma consulta VIP para daqui a 3 meses, o médico ortopedista vê uma pintinha no nosso nariz, acha que é câncer, nos indica um amigo dermatologista que pede uma biópsia, e nos indica um amigo oftalmologista porque acha que temos uma deficiência visual.  Fazemos quimioterapia, usamos óculos e depois de dois anos e mais 15 consultas, melhoramos da distensão muscular.
Cenário 7:
Trabalho:
· Ano 1971: O funcionário que era pego fazendo cera (fazendo nada). Tomava uma dura do chefe, ficava com vergonha e ia trabalhar.
· Ano 2011: O funcionário pego "desestressando" é abordado gentilmente pelo chefe que pergunta se ele está passando bem. O funcionário acusa-o de bullying e assédio moral, processa a empresa que toma uma multa, o funcionário é indenizado e o chefe é demitido.
Cenário 8:
Assédio:
· Ano 1971: A colega gostosona recebe uma cantada de Ricardo. Ela reclama, faz charminho, mas fica envaidecida, saem para jantar, namoram e se casam.
· Ano 2011: Ricardo admira as pernas da colega gostosona quando ela nem está olhando, ela o processa por assédio sexual. Ele é condenado a prestar serviços comunitários. Ela recebe indenização, terapia e proteção paga pelo estado.
Pergunta-se: EM QUE MOMENTO FOI, ENTRE 1971 E 2011, QUE NOS TRANSFORMAMOS TANTO?

terça-feira, 5 de junho de 2012

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Segunda, 4 de junho de 2012

BOAZINHA


-----
DO ALEXANDRE APPEL
Isac fica na porta da sinagoga dizendo: "Tsedaká (caridade) por favor".
E chega o rabino da sinagoga e lhe pergunta:
- Isac, o que você esta fazendo?
Isac responde:
- Rabino, eu estou juntando para uma mulher viúva com 3 filhos pequenos que esta devendo três meses de aluguel, e se ela não pagar R$1.500 ate hoje o proprietário ira despejá-la.
-Isac, quanto você já recolheu?
-R$1000 reais, rabino.
- Ora, para uma mitsvá tão importante de ajudar uma viúva, eu te darei os R$500 reais restantes.
- Agradeço em nome da viúva, rabino.
- Isac, você tem um bom coração, a viúva é sua parente?
- Não, é minha inquilina.
-----
ECOS DA CPI DO BANDIDO CACHOEIRA


-----
PRA VOMITAR


sexta-feira, 1 de junho de 2012

Sexta, 1º de junho de 2012

MUITO BOA!!
A revendedora Avon foi entregar seus produtos a uma cliente.
No elevador, entre um andar e outro, sentiu uma necessidade irreprimí­vel de soltar um PUM.
E como estava sozinha, ela  soltou o danado:
- Que alí­vio!!
Mal terminou, o elevador diminuiu a velocidade e parou num andar.
Rapidamente, ela pegou na bolsa o spray Avon Aroma de Pinho e borrifou todo o elevador.
A porta se abriu e entrou um sujeito que logo fez uma cara feia e perguntou:
- Que diabo de cheiro é esse?
A mulher, com cara de inocência, respondeu:
- Não sei, senhor. Não sinto cheiro algum. Que cheiro o senhor está sentindo?
E ele:
- Não sei bem. É como se alguém tivesse feito cocô numa floresta...
-----
ADVOGADO NO BORDEL

A Madame abriu a porta do bordel e se deparou um homem alto de pele morena.
- No que posso ajudá-lo?
- Gostaria de ver a Natalie.
- Senhor, Natalie é uma de nossas meninas mais caras... O senhor não quer ver outra de nossas garotas?
- Não, eu quero a Natalie.
Minutos depois, apareceu Natalie para explicar ao homem que ela iria cobrar R$1.500,00 pela visita.
Sem pestanejar, o homem mete a mão no bolso e tira um maço de quinze notas de R$100,00 e entrega à moça.
Então, os dois subiram para um dos quartos e depois de uma hora o cara saiu muito tranquilo e feliz.
Na noite seguinte, o mesmo sujeito apareceu de novo querendo ver Natalie. Ela disse que era muito raro para qualquer visita duas noites seguidas e que nem iria pensar em desconto.
Novamente o homem enfiou a mão no bolso e tirou outras quinze notas de R$100,00 e, na companhia de Natalie, subiu para um dos quartos e depois de uma hora ele se foi.
Quando apareceu pela terceira noite seguida, ninguém podia acreditar.
Novamente entregou R$1.500,00 a Natalie e foram os dois para um dos quartos, para mais uma hora.
Quando terminaram, não se contendo de curiosidade, Natalie comentou:
- Ninguém nunca requisitou meus serviços por três noites seguidas. De onde você é?
- De Lagoa Vermelha
- É sério? Minha família é de lá.
- Eu sei. Seu pai faleceu e sou o advogado de suas irmãs. Elas me pediram que lhe entregasse sua parte da herança, de R$ 4.500,00...
-----
RAPIDINHA
Uma mulher atraente está no carro, parada no sinal, quando um cara  para o carro ao lado dela, olha para ela e abaixa o vidro.
Pensando que ele ia dizer-lhe alguma coisa, ela também abre o vidro.
O cara fala:
- A senhora também soltou um pum??